Frente Parlamentar discute políticas de inclusão social através do Esporte

Frente Parlamentar discute políticas de inclusão social através do Esporte

A Câmara do Rio realizou nessa terça-feira (13) uma reunião da Frente Parlamentar de Análise e Aprimoramento das Políticas Públicas Desportivas e seu papel no processo de inclusão e promoção social dos cariocas. A iniciativa foi do Vereador Prof. Célio Lupparelli, que preside a Frente Parlamentar.

Segundo o parlamentar, que é autor de nove frentes parlamentares na Câmara do Rio, o objetivo da reunião foi debater a importância da Taça das Favelas como forte instrumento de inclusão social e a importância do estudo na vida dos atletas. A reunião foi aberta com a leitura da Ata da última reunião realizada no dia 4 de junho, seguida de discurso emocionado do vereador sobre a morte do atleta Diego Xavier, morador da Grota, baleado durante uma operação da Polícia Militar e que veio à óbito a caminho do treino de futebol.

O coordenador da Confederação da Taça das Favelas, Sérgio Love, apresentou dados sobre a competição que visa a contribuir para a promoção da inclusão social através do esporte, influenciando positivamente a realidade de crianças e jovens brasileiros. A taça das Favelas é o maior campeonato de futebol de campo entre favelas do mundo e envolve mais de 100 mil jovens das comunidades carentes em todo o país.

“Eu sou nascido e criado na Vila Kennedy na Zona Oeste da cidade e fruto de uma remoção e de uma intervenção federal na comunidade, por isso posso afirmar que o futebol é um excelente instrumento de inclusão social porque desperta nos jovens o sentimento de pertencimento e interação. É um momento em que as comunidades se enfrentam na disputa pelo pela taça e não pelo crime. É um gol para vida toda”, afirma Sérgio Love.

A valorização e participação do futebol feminino na Taça das Favelas e a importância do incentivo ao esporte foram amplamente discutidos durante o debate que contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Educação e da Guarda Municipal.

Ao final da reunião, o Vereador Prof. Célio Lupparelli propôs uma reunião da comissão, com data ainda a ser definida, para discutir como conciliar o estudo com a prática desportiva. “Meu mandato é participativo e meu gabinete estará sempre aberto à população para que todos os cidadãos tenham a oportunidade de falar sobre os problemas que afetam a qualidade de vida em suas regiões”, lembrou o parlamentar.