Decreto da Prefeitura trata do retorno das aulas na Cidade

Decreto da Prefeitura trata do retorno das aulas na Cidade

O decreto da prefeitura, publicado nesta madrugada, depois de nossas queixas, é lamentável. Não traz nada do que foi acertado pelas secretárias na audiência pública da comissão de educação no dia 22/06/2020.

Só serviu para documentar o desrespeito com as próprias secretárias que deram suas palavras e se comprometeram em debater e decidir coletivamente essas ações. É um desprezo com as ações democráticas que devem nortear uma gestão pública bem intencionada. Enfim, vai ter reações de várias entidades e de muitos pais, alunos e profissionais de educação. Uma xerox de um prefeito autoritário e, paradoxalmente, frágil diante de pressões do setor patronal do ensino privado.

Não há respeito com as vidas. Não somos contra o retorno às aulas. Em um momento, tem que ocorrer obviamente. Mas, tem que se ter o cuidado com uma ampla discussão, adesão de pais, profissionais de educação e alunos, formalização de um planejamento bem definido com protocolos claros. A educação está sendo tratada de forma irresponsável.

O que queremos é Responsabilidade.