CPI das Escolas realizará Audiências Públicas com professores, profissionais de cozinha e técnico-administrativos

CPI das Escolas realizará Audiências Públicas com professores, profissionais de cozinha e técnico-administrativos

Os membros da CPI das Escolas, instituída para investigar e apurar as condições de trabalho de professores, merendeiras e demais funcionários e trabalhadores das escolas municipais, se reuniram na tarde de quinta-feira (5) para deliberar sobre a renúncia do relator e sobre os próximos passos da comissão.

Os membros aprovaram a proposta de realizar três audiências públicas para debater, com cada categoria, separadamente, as condições de trabalho. A primeira será com os profissionais de cozinha, pré-agendada para o dia 20 de setembro, às 14h, com a participação de técnicos do Tribunal de Contas do Município, da Secretaria Municipal de Educação e da Comlurb. Serão convidados para participar representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), dos Agentes de Preparo de Alimentos (APAS) da Comlurb, e a pesquisadora Fátima Medeiros, que fez um estudo sobre as merendeiras pela Fiocruz.

As demais audiências serão agendadas para debater as condições de trabalho dos profissionais da parte de gestão e apoio administrativo, finalizando com os professores. Os vereadores ficaram de elaborar um roteiro de visitas para verificar as condições de trabalho nas escolas.