Transparência no FUNDEB

Transparência no FUNDEB

Vamos enviar requerimentos de informação, reunir a sociedade civil e trabalhar para saber da Prefeitura tudo relativo a este Fundo que se tornou verdadeira caixa preta nos anos da Administração anterior.

Todas as alegações de anos anteriores, que o Fundo serviu para o pagamento de inativos (algo proibido pela Lei Federal que o rege) e da gratuidade de crianças e adolescentes matriculados na Rede de Ensino da Cidade, entre outros muitos temas, serão objetos de nossos encontros.

Ao final, vamos redigir documento assinado pelos presentes aos trabalhos para envio à nova Administração para que sirva de alerta para que o Fundo seja gerido da forma que deve verdadeiramente ser.

Carruagem

Carruagem

Encaminhamos o Ofício GVPCL nº 16 de 2017 ao Tribunal de Contas do Município para que investigue a dispensa sem pé nem cabeça desta licitação e seu valor absurdo.

Mais uma herança da Administração passada prejudicial ao tesouro municipal e ao povo do Rio.

Liberação de uma das duas pistas seletivas da Avenida Brasil

Liberação de uma das duas pistas seletivas da Avenida Brasil

Encaminhamos no ano passado dois ofícios, um à Secretaria de Transportes do Rio e outro à CET-Rio (GVPCL nº 569 e 568, respectivamente), a fim de que fosse liberada uma das duas pistas seletivas da Avenida Brasil para o trânsito de carros de passeio, desatolando o tráfego que hoje é no mínimo infernal.

Finalmente a Prefeitura, através de seu vice-Prefeito e secretário de Transportes, resolveu tomar providências.

Leia mais…

Ano Novo, Gasto Velho!

Ano Novo, Gasto Velho!

Como havia comentado anteriormente, minha equipe e eu detectamos algo no mínimo curioso dentro do orçamento da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, R$2.110.000,00 voltados para investimentos na Rio 2016, a Ação orçamentária de promoção de eventos da Olimpíada de 2016.

Ora, a Olimpíada já terminou, portanto, o quê faz esse dinheiro no orçamento da Secretaria para 2017 ? O Secretário afirma que são “economias”, entretanto, por quê ainda estão computadas numa atividade cujo fim já se extinguiu ? É preciso dizer que o valor também envolve gastos na manutenção de projetos sociais esportivos, projetos estes voltados para a população carente do Rio, entretanto ainda faz parte de sua descrição as atividades olímpicas.

Vou pessoalmente encaminhar recomendação ao Prefeito Crivella para que modifique o escopo desta Ação orçamentária no ano que vem para que esteja voltada única e exclusivamente para o projeto social esportivo. É preciso ter muita clareza na designação do orçamento a fim de que não sejam feitos gastos em atividades inexistentes e vejamos mais dinheiro público descendo ralo abaixo.
informe