UNICEF em visita ao Gabinete do Ver. Prof. Célio Lupparelli

UNICEF em visita ao Gabinete do Ver. Prof. Célio Lupparelli

Representantes do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) visitaram o gabinete do Vereador Prof Célio Lupparelli, após conhecerem o trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo do seu mandato, principalmente, como Presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente.  No último dia 21 de junho, o UNICEF e o Vereador trataram das políticas públicas em defesa da Criança e do Adolescente, e como podem, juntos, trabalhar para as melhorias e efetiva aplicação dessas políticas.

Medalha Pedro Ernesto ao Prof. Roberto O. Ferreira

Medalha Pedro Ernesto ao Prof. Roberto O. Ferreira

Foi com grande honra que entregamos, no dia 20 de Junho, a Medalha Pedro Ernesto ao Professor Roberto Oliveira Ferreira, que, com a música, trouxe paz às crianças do CIEP Roberto Morena, no exato momento, em que ocorria um conflito a tiros na comunidade onde está localizada essa escola, em Paciência.

São pessoas com este espírito de solidariedade e amor ao próximo, que sentimos fortalecidas as esperanças em dias melhores para nossa cidade. Homenagem muito merecida a este grande herói, educador e ser humano.

 

PRESENÇA EM TODAS AS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS DO MUNICÍPIO

PRESENÇA EM TODAS AS AUDIÊNCIAS PÚBLICAS SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS DO MUNICÍPIO

             O Vereador Professor Célio Lupparelli esteve presente em todas as Audiências Públicas que trataram da Lei de Diretrizes Orçamentárias do exercício de 2017. As Secretarias Municipais convocadas, foram: SECONSERMA, SMS, SME, SMDEI, SMTR, SMUIH, SMASDH, SMC, além das respectivas Subsecretarias, que também estiveram presentes.

           A presença constante e participação do Vereador Prof. Lupparelli, com questionamentos, considerações e propostas, foram tão marcantes, que geraram elogios como formas   de reconhecimento ao seu trabalho sério, tanto por parte de outros Vereadores, colegas de Casa, quanto da população que acompanhou essas sessões.

Assinatura do Decreto de Reconhecimento da Trilha Transcarioca

Assinatura do Decreto de Reconhecimento da Trilha Transcarioca

 

No último dia 6 de Junho, durante a semana em homenagem ao Meio Ambiente, o Vereador Professor Célio Lupparelli foi convidado a participar da solenidade em que seria assinado, pelo Prefeito Crivella, o Decreto de Reconhecimento e denominação da Trilha Transcarioca, na condição de grande fomentador do movimento. Estiveram presentes, a Subsecretária de Planejamento e Gestão Governamental da cidade do Rio de Janeiro, Aspásia Camargo; o Secretário de Conservação e Meio Ambiente, Rubens Teixeira; O Subsecretário de Meio Ambiente, Justino Carvalho; dentre outras autoridades, e participantes do movimento da Trilha Transcarioca, como a Montanhista Kika Bradford, e o Coordenador do Mosaico Carioca, Marco Antonelli.

No segundo semestre de 2015, o Professor Lupparelli iniciou, na condição de Presidente, a Frente Parlamentar que lutou pelo reconhecimento de Trilha Transcarioca, que está entre as maiores trilhas urbanas do mundo. A Trilha faz parte da iniciativa do Diplomata e Ambientalista, Pedro da Cunha e Menezes, que se inspirou em grandes trilhas espalhadas pelo mundo, com o ideal de gerar fortalecimento e integração das áreas protegidas do Rio de Janeiro, bem como a geração de empregos e renda, segurança e desenvolvimento sustentável, além do tão sonhado corredor florestal, que uniria, novamente, os maciços da Tijuca e da Pedra Branca.

Citado por diversas vezes, por todos que discursaram naquela manhã, como  pelo Coordenador Geral da Trilha, Sr. Horácio, o Subsecretário de Meio Ambiente Justino Carvalho, e pelo Prefeito Marcelo Crivella, o Vereador Professor Célio Lupparelli disse se sentir muito feliz com o resultado do dia: “A frente Parlamentar conseguiu o seu êxito, e nosso mandato está muito feliz por conta disso. Até porque, está acontecendo o fato, na semana do meio ambiente. A partir de agora, nós temos uma trilha oficializada. Uma trilha que tem 180 km, que começa daqui, na Urca, e que vai até Guaratiba. É um ganho para os ambientalistas e para o Rio de Janeiro (…) parabéns, cariocas!”

Presença na Audiência Pública sobre Esportes e Lazer

Presença na Audiência Pública sobre Esportes e Lazer


      O Vereador Professor Celio Lupparelli participou da mesa que comanda a Audiência pública sobre Esportes e Lazer, na manhã desta Terça (09/05). Foram debatidos temas como: o legado olímpico, os desperdícios de dinheiro público, os problemas das vilas olímpicas, a falta de quadras de esportes nas escolas públicas e a importância do esporte como fator de inserção social, principalmente para crianças e adolescentes, bem como elemento de promoção de saúde física e mental para todas as pessoas.


      O Vereador Professor Célio Lupparelli, juntamente à sua Assessoria de Meio Ambiente, recebeu na manhã de hoje o também Professor Marcelo Motta Veiga, Ph.D., Professor-Pesquisador da FIOCRUZ, e Professor da Universidade Federal do Estado do Rio (UNIRIO), que brindou a todos com seus conhecimentos, tratando principalmente dos temas: Gestão de Resíduos e Saneamento Básico em sua palestra. Continue reading

Cobranças foram atendidas pela Prefeitura

Cobranças foram atendidas pela Prefeitura

Realizamos vistoria no sábado passado e já havíamos encaminhamos cobrança à Prefeitura, como disse em postagem anterior, sobre as péssimas condições de conservação da Praça Itanhomi, Mariópolis, e da mini Vila Olímpica do CIEP General Augusto Cesar Sandino.

Hoje, felizmente, vemos o resultado de nossas cobranças na forma da limpeza dos dois espaços. Nós, entretanto, não vamos parar por aí, pois a conservação deve guardar regularidade, acontecer com constância, de modo a preservar a função de convivência e prestação de serviços dos dois lugares. Vamos manter vigilância constante e continuar cobrando a Prefeitura do Rio.

 

Vereador se reúne com a Fundação Parques e Jardins para tratar de diversas áreas verdes do Rio.

Vereador se reúne com a Fundação Parques e Jardins para tratar de diversas áreas verdes do Rio.

Estive hoje na Fundação Parques e Jardins, reunido com o titular do órgão, Coronel Mariano, para tratar de diversas áreas verdes do Rio, sobre as quais recebemos demandas, pedidos de cobrança de cuidados e revitalização, e, em especial, e das necessidades específicas do Parque Municipal Pinto Telles.

Nosso objetivo é garantir que os cariocas tenham cada vez mais áreas arborizadas para sua convivência e a democratização dos cuidados com essas áreas pela Cidade.

Racionalização das linhas de ônibus

Racionalização das linhas de ônibus

Estive pela manhã reunido com o secretário de Transportes Fernando Mac Dowell para tratar, dentre outras coisas, da reversão da chamada “racionalização das linhas de ônibus” realizada na gestão anterior. “Racionalização” é um termo muito ruim, pois tudo que fez foi tornar o sistema irracional e caro para os moradores do Rio, principalmente os das Zonas Norte e Oeste.

Saímos da secretaria com a promessa de reversão desse quadro em Jacarepaguá, onde hoje impera o caos e a imobilidade, Maria da Graça e diversos outros lugares do Rio. Ainda sobre Jacarepaguá, também falamos com o secretário sobre a possibilidade de levar o Metrô até o bairro, contemplando TODO o bairro nesse trajeto.

Trilha Transcarioca sofre com a violência rotineira da metrópole

Trilha Transcarioca sofre com a violência rotineira da metrópole

É lamentável me deparar com essa notícia sobre a Trilha Transcarioca. Nosso mandato promoveu, em 2016, uma Frente Parlamentar que teve como resultado a criação de um Decreto Municipal de reconhecimento da Trilha como um instrumento essencial para a conservação ambiental, lazer e turismo ecológico da nossa cidade. Com o objetivo de minimizar os problemas causados pela falta de segurança em nossas Unidades de Conservação, propusemos o Projeto de Lei 1.903/2016, que estabelece a implementação de câmeras de segurança e contingente suficiente da Guarda Municipal que deverá ficar alocada dentro das Unidades. Nosso gabinete se coloca à disposição do Movimento Trilha Transcarioca.

Transparência no FUNDEB

Transparência no FUNDEB

Vamos enviar requerimentos de informação, reunir a sociedade civil e trabalhar para saber da Prefeitura tudo relativo a este Fundo que se tornou verdadeira caixa preta nos anos da Administração anterior.

Todas as alegações de anos anteriores, que o Fundo serviu para o pagamento de inativos (algo proibido pela Lei Federal que o rege) e da gratuidade de crianças e adolescentes matriculados na Rede de Ensino da Cidade, entre outros muitos temas, serão objetos de nossos encontros.

Ao final, vamos redigir documento assinado pelos presentes aos trabalhos para envio à nova Administração para que sirva de alerta para que o Fundo seja gerido da forma que deve verdadeiramente ser.

CONTRA A REMESSA DE PROJETO PARA APLICAÇÃO DE ALÍQUOTA SOBRE PROVENTOS DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO CARIOCA

CONTRA A REMESSA DE PROJETO PARA APLICAÇÃO DE ALÍQUOTA SOBRE PROVENTOS DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO CARIOCA

Este mandato é e sempre será ponto de resistência a quaisquer assaltos a direitos dos funcionários públicos cariocas. O projeto de lei pretendido pela nova Administração é uma afronta à dignidade de milhares de homens e mulheres que dependem de seus ganhos para viver dignamente numa idade em que sobram ataques à dignidade.

Nosso objetivo é simples, impedir que esse projeto sequer saia da Prefeitura, pois não é admissível destruir a vida daqueles que tanto fizeram pelo serviço público do Rio e nem sequer esgotar estudos de recapitalização do Funprevi, o Fundo dos aposentados e pensionistas da Prefeitura do Rio.

Vamos resistir !

(Coluna Informe do Dia, hoje)

#funprevi #lupparelli #servidoresrio #previrio #prefeituradorio

Benefícios fiscais para empresas gerenciadoras de cartões de crédito e de logística da cadeia produtora de petróleo e gás

Benefícios fiscais para empresas gerenciadoras de cartões de crédito e de logística da cadeia produtora de petróleo e gás

Ontem, foram publicados dois projetos de lei no Diário da Câmara Municipal de autoria do Prefeito Marcelo Crivella que tratam de benefícios fiscais para empresas gerenciadoras de cartões de crédito e de logística da cadeia produtora de petróleo e gás. Embora vivamos uma guerra fiscal declarada, na qual cada estado e município tenta oferecer benefícios fiscais cada vez maiores, com perdas de arrecadação significativas na esperança de manter empregos e investimentos em suas sedes, fato é que precisamos ter enorme cuidado ao abrir mão de arrecadação, sendo necessário avaliar cuidadosamente o que o Município ganhará em troca, a fim de não incorrer em erros como os do Estado do RJ, que abriu mão de cerca de R$160 bilhões tendo gerado pouquíssimos empregos.

O primeiro projeto, de concessão de benefício fiscal a empresas gerenciadoras de cartões de crédito, prevê perda de arrecadação da ordem de R$370 mil somente no primeiro ano de vigência. Entretanto, não nos são informados quantos empregos o Município pretende gerar, quantas empresas pretende atrair para além daquelas que já estão aqui instaladas e como isso beneficia os usuários que pagam juros de mais de 480% ao ano em suas faturas de cartão de crédito. O segundo, voltado para a área de transporte e armazenagem de petróleo e gás, manterá alíquota de 3% para serviços de logística nesta área de serviços, entretanto retira do Código Tributário Municipal o benefício a outra área importante, a dos demais recursos minerais. Como ficam as empresas dos demais minérios nesta história ? Vão embora do Rio ? Por fim, o segundo projeto fala de benefício para serviços de interligação em portos marítimos relacionados a petróleo e gás cuja alíquota ficaria em 2% se sediados nos bairros de Acari, Barros Filho, Cordovil, Costa Barros, Jardim América, Parada de Lucas, Parque Colúmbia, Pavuna e Vigário Geral. Queremos saber da Prefeitura, embora os bairros precisem realmente de cuidados, quais foram os critérios para deixar outros bairros de fora, como isso impactará as vidas dos moradores e como se reflete na oferta de empregos.

Estas e outras perguntas serão feitas por mim à Secretária de Fazenda do Rio que virá à Câmara no dia 22 de março para conversar com os vereadores sobre os rombos no orçamento encontrados pela atual Administração, tema este que também contará com perguntas do nosso mandato.